Merenda escolar é coisa séria: Veja como é a merenda escolar da Rede Municipal de Ensino de Paraguaçu

A merenda escolar do município de Paraguaçu alimenta com qualidade todos os dias os alunos da Rede Municipal de Ensino. Neste ano de 2017 contamos com um total de 1.884 alunos, divididos em quatro Escolas (Luiz de Melo Viana Sobrinho, Maria Antonieta Alvarenga, Professor José Augusto e de Guaipava) e dois CEMEI’s (Maria Antonieta Alvarenga e Gotinhas do Saber). Além disso, 96 alunos da Creche Santa Terezinha são beneficiados com a verba do PNAE e com um complemento com recursos próprios de cerca de R$ 3 mil mensais.

Recebemos do PNAE (Programa Nacional da Alimentação Escolar) a quantia mensal de R$ 22.696,20, deste total 70% é gasto com a agricultura familiar. Cabe frisar que esta verba pode ser destinada 100% para a Agricultura Familiar.

Ao todo o município gasta mensalmente com alimentos perecíveis e não perecíveis cerca de R$ 60 mil, que são pagos com recursos próprios e com recursos do Salário Educação. Para as creches, o município recebe uma verba do Brasil Carinhoso que pode ser usada com alimentação, móveis e utensílios, sendo assim o município utiliza parte da verba para custear a merenda escolar das creches (Maria Antonieta e do Cemei Gotinhas do Saber).

Para aquisição da merenda escolar é realizado todo ano o Processo Licitatório, depois disso, são feitos os pedidos de produtos para as empresas licitadas semanalmente e assim que entregues são distribuídos para as escolas.

Nas escolas, a Nutricionista Municipal Cíntia Alves e a servidora responsável pela merenda escolar, Sarah Jane Prado fazem o controle de estoque, para que não haja  desperdício de alimentos. De acordo com o número de alunos de cada escola é enviada a quantidade de alimento necessário.

Os alimentos que chegam à mesa das escolas e aos centros municipais de educação infantil passam também por um planejamento nutricional, garantindo a qualidade das refeições. O cardápio que é preparado mensalmente pela Nutricionista conta com frutas, verduras, legumes, hortaliças, proteínas, e alimentos ricos em vitaminas, incentivando assim os bons hábitos alimentares. O cardápio é seguido rigorosamente pelas serventes escolares, e fiscalizado por Sarah Jane Prado.

Nos dois CEMEI’s (Maria Antonieta Alvarenga e Gotinhas do Saber) que recebem crianças em período integral, é servido 4 refeições diárias, sendo: (café da manhã, almoço às 9h, lanche às 14h e Jantar às 16h). Além das refeições, é servido frutas duas vezes na semana.

Já nas escolas que recebem dois turnos (manhã e tarde) é servido duas refeições em cada, sendo um lanche e um almoço. Nas escolas (Professor José Augusto e Maria Antonieta Alvarenga) além dessas duas refeições, ainda é servido às 7h um café da manhã.

Dentro dos padrões determinados pelo FNDE à alimentação escolar do município de Paraguaçu, esta está totalmente dentro das normativas recomendadas. O acesso à alimentação escolar de boa qualidade é um direito constitucional e uma das prioridades de Paraguaçu.



Veja no quadro abaixo a quantidade de cada alimento gasto mensalmente na rede municipal de Ensino: